As 8 mais belas igrejas de Paris que merecem ser visitadas

Apesar de a França ser hoje em dia um país laico, ela foi, durante muitos séculos, um país católico. Muito enraizada na sociedade, a religião católica deixou a sua marca no dia-a-dia dos franceses (os feriados católicos são feriados nacionais em França), mas também na arquitetura. Os vários séculos de religião católica deram cerca de 50.000 igrejas ao território francês. A cidade de Paris tem quase 200 igrejas, o que é bastante, por isso, o France Hotel Guide preparou especialmente para si uma lista das mais belas igrejas de Paris que merecem ser visitadas.

 

1) Catedral Notre-Dame

Créditos: Zuffe, Wikimedia CommonsCC BY 3.0

6 Parvis Notre-Dame, Place Jean-Paul II, 75004 Paris.

Um dos emblemas da capital francesa, a Catedral Notre-Dame, situa-se na Ilê de la Cité, no 4° distrito de Paris. A sua construção durou quase 200 anos e foi durante muito tempo o maior edifício de Paris. Foi aqui que Napoleão I e a sua esposa Josephine de Beauharnais foram coroados, e este evento inspirou o quadro do famoso pintor Jacques Louis David: A Coroação de Napoleão. A Catedral de Notre-Dame teve também um papel importante na aclamada obra de Victor Hugo publicada em 1831. No seu livro, Quasímodo, um corcunda órfão que vivia na catedral e se ocupava de guardar os sinos, apaixona-se pela bela Esmeralda, uma jovem cigana que dança nas ruas da capital.

Horários: A catedral está aberta todos os dias do ano das 7:45 às 18:15 (19:15 durante os fins-de-semana).

Preço: A entrada é gratuita.

Acesso: Linha 4 do Metro, estações Cité ou Saint-Michel, ou RER B ou C, estação Saint-Michel-Notre-Dame.

Para mais informações sobre a Catedral Notre Dame, consulte o site oficial. (em francés)

 

 

2) A Basílica do Sagrado Coração

Sagrado Coraçao
Créditos: Zuffe, Wikimedia CommonsCC BY 3.0

35, rue du Chevalier de la Barre, 75018 Paris.

Do alto da colina Montmartre, a Basílica do Sagrado Coração tem vista sobre a capital e vela pelos parisienses. Construída após a guerra franco-alemã de 1870, era um lugar onde os soldados iam confessar os seus pecados cometidos durante a guerra. Construída em pedra de travertino, tem o maior sino de França, oferecido pela região de Savoie, e mede 3 metros. O interior da igreja é particularmente belo, com a sua pintura de Jesus Cristo no centro. Desde a sua construção em 1885, os fiéis revezam-se noite e dia, sem nenhuma interrupção, para recitar uma oração contínua, pois a basílica é dedicada à adoração perpétua do Santíssimo Sacramento.
Do pátio, a vista de Paris é de tirar a respiração.

Horários: A Basílica esta aberta todos os dias das 6 às 22:30.

Preço: A entrada é gratuita.

Acesso: Linha 12 do Metro, estação Jules Joffrin + Montmartrobus (estação Place du Tertre).
Linha 12, ou 2 do Metro, estação Pigalle + Montmartrobus (estação Norvins)
Linha 2 do Metro, estação Anvers + Teleférico (bilhete de Metro) ou escadas.
Linha 12 do Metro, estação Abbesses + Teleférico (bilhete de metro) ou escadas.

Para mais informações sobre a Basílica do Sagrado Coração, consulte o site oficial.

 

 

3) A Sainte Chapelle

Créditôs: Emilio Garcia, FlickrCC BY-SA 2.0

8, Boulevard du Palais, 75001 Paris.

Construída com o fim de abrigar a coroa de espinhos da crucificação de Cristo, e um pedaço da Santa Cruz, a Saint Chapelle foi mandada edificar por Luís IX (São Luís) entre 1241 e 1248, na Ilê de la Cité. Embora as relíquias religiosas tenham sido destruídas durante a Revolução Francesa em 1789, os seus magníficos vitrais emoldurados, que dão uma atmosfera surreal ao seu interior, são a principal razão pela qual a visitamos hoje em dia.

Os vitrais não contam apenas a história do Velho e do Novo Testamento, mas também a história do mundo até à chegada das relíquias na capela. Abandonada depois da Revolução Francesa até 1836, a restauração da Sainte-Chapelle durou 26 anos. A maior parte do monumento que podemos visitar hoje data do século XIX, mas isso não lhe retira minimamente o seu charme.

Horários: Aberta todos os dias das 9 às 17, de outubro a março, e das 9 às 19, entre abril a setembro. Fecha a 1 de janeiro, 1 de maio e a 25 de dezembro.

Preços: O preço de um bilhete normal é 10€, o bilhete de tarifa reduzida custa 8€ e a entrada é gratuita para menores de 25 anos residentes na União Europeia (os preços podem mudar).

Acesso: 8 Boulevard du Palais, 8 Boulevard du Palais, 75001 Paris.
Linha 4 do Metro, estação Cité
Linhas 1,4,7,11 e 14 do metro, estação Châtelet
RER B ou C, estação Saint-Michel

Para mais informações sobre a Saint Chapelle, consulte o site oficial. (em francés)

Reserve os seus bilhetes para a Sainte Chapelle.

 

 

4) A Igreja Madeleine

La madeleine
Créditos: Sahee, Wikimedia CommonsCC BY-SA 2.5

Place de la Madeleine, 75008, Paris.

Construída por Napoleão I como um templo para o seu exército em 1806, o edifício foi transformado em igreja em 1845. É consagrada a Santa Maria Madalena, uma das discípulas mais devotas de Jesus Cristo. A sua arquitetura é inspirada num templo grego e o seu interior é ricamente decorado com belos quadros, colunas e esculturas. A escultura sobre o Altar Maior, que representa a Assunção de Madalena, e o quadro da ressurreição de Cristo, são imperdíveis, tal como o gigantesco órgão tocado por famosos compositores franceses como Camille Saint-Saëns e Gabriel Fauré.

Horários: A igreja está aberta todos os dias das 9:30 às 19. Atenção, as visitas não são autorizadas durante as missas. Para mais informações sobre os horários das missas, consulte o site oficial da igreja.

Preço: A entrada é gratuita.

Acesso: Linhas 8, 12 e 14 do Metro, estação Madeleine-Tronchet.

Para mais informações sobre a igreja Madeleine, consulte o site oficial. (em francés)

 

 

5) Igreja Saint-Germain-des-Prés

Créditos: Connie MaWikimedia CommonsCC BY-SA 2.0

3, Place Saint-Germain des Prés, 75006 Paris.

A Igreja Saint-Germain é a mais antiga das grandes igrejas parisienses. A sua construção começou a 543 d.C. Originalmente era uma abadia real consagrada a Santa Cruz, tendo a igreja sido reconstruída a partir do século X num estilo gótico, uma das primeiras construções deste estilo em França e em todo o mundo. Após a Revolução Francesa, todas as abadias foram dissolvidas e a igreja de Saint-Germain fechou em 1792, passando a ser uma fábrica de salitre. Em 1803 foi reaberta ao público. Com a sua arquitetura e as suas decorações que testemunham da sua história, a igreja de Saint-Germain faz parte das igrejas mais interessantes para visitar em Paris.

Horários: Todos os dias das 8 às 19:45.

Preço: A entrada é gratuita.

Acesso: Linha 4 do Metro, estação Saint-Germain des Près, ou Linha 10 do Metro, estação Mabillon.

Para mais informações sobre a igreja Saint-Germain des Prés, consulte o site oficial. (em francés)

 

 

6) Igreja de Santo Eustáquio

Créditos: Pavel krok, Wikimedia CommonsCC BY-SA 2.5

2, Impasse Saint-Eustache, 75001 Paris.

Construída em 1213, a Igreja de Santo Eustáquio era apenas uma simples capela que abrigava relíquias que haviam pertencido aos romanos. Com o passar dos anos, torna-se cada vez mais famosa e, em 1532, a sua expansão começa. Durante quase dois séculos, a igreja foi expandida e melhorada e o resultado final é espantoso. Após a Revolução Francesa em 1795, a igreja foi fechada e transformada em templo da agricultura até 1795. Com uma mistura do estilo gótico e renascentista, a Igreja Saint Eustáquio é linda por dentro e por fora. Os seus vitrais e os quadros são belos e imperdíveis.

Horários: A igreja está aberta durante a semana das 9:30 às 19 e das 9 às 19 durante o fim-de-semana.

Preço: A entrada é gratuita.

Acesso: Linha 4, estação Les Halles, ou RER A, B ou D, estação Châtelet.

Para mais informações sobre a Igreja de Santo Eustáquio, consulte o site oficial. (em francés)

 

 

7) Catedral de Santo Alexandre Nevsky

Créditos: Annesov, Wikimedia Commons, CC BY-SA 3.0

12, rue Daru, 75008 Paris.

A única igreja ortodoxa desta lista, a Catedral São Alexander Nevsky foi construída entre 1847 e 1861 e é consagrada ao Santo Alexandre Nevsky, um militar russo que viveu entre 1220 e1263, servindo de lugar de culto para os russos ortodoxos de Paris. O exterior da Catedral, de estilo ortodoxo, é muito bonito, com as suas cruzes banhadas em ouro. O interior é ricamente decorado num estilo bizantino. Visitar a catedral vale mesmo a pena, por isso não hesite!

Horários: a catedral está aberta todas as terças, sextas e domingos, das 15 às 17.

Preço: A entrada é gratuita.

Acesso: Linha 2 do Metro, estação Ternes.

Para mais informações sobre a Catedral de Santo Alexandre Nevsky, consulte o site oficial. (em francés)

 

 

8) Igreja Saint-Augustin

Fuente : Wikimedia Commons, dominio publico

Place de Saint-Augustin, 75008, Paris

Construída entre 1860 e 1871, a Igreja Saint-Augustin está situada no 8° distrito de Paris, no cruzamento entre o boulevard Malesherbes e o boulevard Haussmann. Faz parte das igrejas mais barulhentas de Paris, mas nem por isso é menos grandiosa. A igreja Saint-Augustin foi o primeiro edifício religioso a utilizar as técnicas da fundição do ferro. O interior foi inteiramente esculpido e decorado com algumas pinturas, uma igreja incontornável!

Horários: A igreja está aberta de segunda a sexta-feira das 10 às 16:30, e aos sábados das 10 às 12. Durante as férias escolares, entre as 10 e as 13 de segunda a sexta.

Preço: A entrada é gratuita.

Acesso: Linha 9 do Metro, estação Saint-Augustin.
Linhas 9,12,13 e 14 do Metro, estação Gare Saint-Lazare.

Para mais informações sobre a Igreja Saint-Augustin, consulte o site oficial. (em francés)

Se você gostou, compartilhe
  •  
  •  
  •